Mashichismo (Religião)

Mashichismo (Religião)

Mashichismo

Mashichismo (do hebraico משיח Māšîªħ, Mashíach, Mashíyach ou hammasiah, "consagrado ,ungido"; a forma asquenazi é Moshiach; a forma aramaica é mesiha)

 

Entre a seita de Chabad Lubavitch houve um crescente fervor messiânico ("massiânico" - daí o nome mashichista - para diferenciar do chamado Judaísmo messiânico, ou Judaísmo meshichista - Meshichismo) nos finais da década de 1980 e princípios da década de 1990, devido à crença que o seu líder, Menachem Mendel Schneerson estaria prestes a revelar-se como o Messias. A morte de Schneerson em 1994 abateu um pouco este sentimento, apesar de muitos seguidores de Schneerson ainda acreditarem que ele é o Messias e que irá regressar em devido tempo. Esta doutrina não é compartilhada pelo judaísmo.